Controle de Ponto Eletrônico | TradingWorks

Sumário

Sistema de controle de ponto para filiais: como monitorar remotamente?

controle de ponto para filiais

Uma das maiores dificuldades para uma empresa com mais de uma unidade é a unificação de informações. É preciso registrar os dados em um só lugar, embora cada filial esteja em um ponto diferente. Entre os desafios, está a utilização do sistema de controle de ponto para filiais.

Na hora de gerar a folha de pagamento e de fazer os cálculos, a dispersão de dados atrasa e até aumenta as chances de erro no trabalho. Por isso, é indispensável pensar em maneiras de reverter essa situação e atingir a qualidade.

A seguir, veja como monitorar corretamente o sistema de controle de ponto para filiais e aproveite os melhores resultados!

Escolha um sistema eletrônico e online

Utilizar a tecnologia é a forma ideal para integrar as diversas unidades e criar uma base comum de conhecimento. Por isso, um dos passos iniciais consiste em selecionar um sistema de controle de ponto que seja eletrônico e online.

Isso significa que não basta contar com um relógio eletrônico, mas que não se conecta com as outras unidades. Do contrário, apenas teríamos dados digitais, mas que ainda seriam pulverizados.

O ideal é adotar uma solução conectada pela internet e que permita que todos os dados sigam para a mesma “plataforma” de controle. Com a seleção de uma alternativa de qualidade no mercado, é possível aproveitar diversos aspectos positivos.

sistema de controle de ponto

Recorra a funções extras para o controle

Como as filiais costumam estar distantes, o ideal é que o sistema de controle de ponto também conte com alguns recursos extras. A possibilidade de fazer a marcação via dispositivo móvel, como no app de celular, é um ponto de destaque. Isso garante mobilidade, rapidez e a almejada integração de informações.

Outro recurso desejável consiste em adicionar geolocalização. Ela permite, por exemplo, que os gestores tenham controle sobre a marcação de ponto. Os funcionários da filial A terão um perímetro e os da filial B, outro perímetro. Se algum marcar o ponto fora dessa área, o gestor recebe um aviso para que seja possível corrigir o dado, se necessário.

Além disso, há a ferramenta de reconhecimento facial. O sistema faz uma análise rápida de quem marca o ponto e, se houver discrepâncias, o aviso é enviado em tempo real. Com isso, o gestor pode conferir os dados, mesmo se estiver em uma filial distante.

Defina uma política para o uso do sistema de controle de ponto para filiais

Além de selecionar a solução adequada de controle de ponto, é fundamental garantir que todos usem os recursos da melhor maneira. A principal forma de fazer isso é por meio da criação de uma política para utilização do recurso.

Estabeleça quais são as boas práticas para uso da ferramenta e como os colaboradores devem fazer a marcação. Reitere a importância de respeitar os horários e de registrar as pausas para alimentação e descanso, por exemplo.

Isso ajuda a evitar a necessidade de retificar informações o tempo todo e padroniza o processo. Na prática, é uma solução para garantir que o recurso seja aproveitado da melhor forma.

O sistema de controle de ponto para filiais deve ser bem utilizado para facilitar a gestão de RH e departamento pessoal. Com a escolha de uma boa solução e a definição de uma política adequada, é possível explorar todos os aspectos positivos.

Para aproveitar a tecnologia da melhor maneira, veja como automatizar o controle de ponto corretamente!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog