Controle de Ponto Eletrônico | TradingWorks

Sumário

RH do futuro: passo a passo para automatizar o controle de ponto

Cuidar do ponto dos funcionários é uma tarefa que envolve uma série de etapas. Que, por sua vez, se não forem realizadas com muita atenção podem gerar erros e fraudes e até mesmo virar um grande problema perante a legislação trabalhista. Para tornar essa atividade mais assertiva e a gestão de pessoas mais estratégica, o ideal é automatizar o controle de ponto. Um bom sistema para esse fim é um dos principais sinais de que o RH do futuro já chegou à sua empresa.

Mas como fazer isso de um jeito fácil e que não tome muito tempo? Aqui está um passo a passo completo para garantir uma implementação de sucesso. Confira!

Comece pelo banco de horas dentro do RH do futuro

Calcular o banco de horas é uma das funções que consomem mais tempo. Muitas empresas fazem esse controle por meio de planilhas, com os horários de entrada e saída registradas com a ajuda do ponto.

O RH do futuro deve trazer uma plataforma automatizada, para ser acessada via navegador ou aplicativo e que fornece saldos atualizados em tempo real. Assim, gestores e funcionaram conseguem controlar seu tempo e buscar equilíbrio por iniciativa própria.

Organize as escalas de trabalho

As escalas de trabalho também são importantes. É fundamental garantir que a empresa conte com funcionários trabalhando em todos os turnos em que funciona, sempre de acordo com as leis trabalhistas.

Com a ajuda de um sistema de ponto automatizado, é possível controlar esse aspecto. Os quadros de horários são preenchidos de acordo com as escalas programadas; e o gestor fica por conta apenas de alterar algo diante de faltas ao longo de um dado período.

RH do futuro

Facilite o cálculo da folha de pagamento

Você só consegue fechar a folha de pagamento depois que a folha de ponto também está fechada. Assim, o pagamento de horas extras pode ser feito, bem como descontos por atraso ou faltas sem justificativa.

Dessa forma, o ponto eletrônico conseguirá fazer a integração entre os dois documentos de maneira completa e rápida. A partir disso, os registros passam a ser enviados automaticamente, com muito mais praticidade, segurança, e sem a chance de falha humana, como o RH do futuro pede.

Realize a integração com o relógio de ponto

Caso a empresa ainda prefira usar o relógio de ponto, não há problema. É possível cruzar os softwares para que os dados sejam registrados tanto na máquina quanto no navegador ou no aplicativo para dispositivo móvel.

Os arquivos são facilmente importados, para que as funcionalidades estejam sempre disponíveis virtualmente. O ponto fixo, por sua vez, continua a ser usado normalmente pelos colaboradores conforme a indicação dos superiores.

Pronto! Como você pode ver, automatizar o controle de ponto é muito mais simples do que se imagina. Por isso, o RH do futuro sabe que pode evitar qualquer dor de cabeça com uma solução tecnológica e confiável como essa.

Gostou de aprender um pouco mais sobre esse assunto? Se sim, não deixe de seguir a TradingWorks no Facebook e no LinkedIn para acompanhar mais novidades e outros artigos como esse!

 

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog