Controle de Ponto Eletrônico | TradingWorks

Sumário

Sistema de ponto eletrônico por reconhecimento facial: como funciona?

reconhecimento facial

Utilizar um sistema de ponto eletrônico economiza tempo e dinheiro e gera resultados muito melhores. Além de ser usado internamente, é ótimo para ser aplicado em times externos ou até profissionais de home office. Ao mesmo tempo, surge a dúvida: como evitar fraudes? A escolha da tecnologia é determinante para essa resposta, já que é preciso contar com algumas funcionalidades específicas. Entre as soluções mais interessantes está o reconhecimento facial.

Para não ter dúvidas, confira melhor como é o seu funcionamento no sistema de ponto eletrônico e descubra todas as características!

Como o reconhecimento facial atual?

De forma simples, o reconhecimento facial atua com base na comparação entre duas informações visuais, como fotos e gravações. São analisados pontos específicos do rosto de cada pessoa, de modo a confirmar que se trata dela de verdade. Por isso, mesmo a mudança do corte de cabelo ou o uso de um acessório não costuma levar a erros.

O funcionamento em um sistema de ponto eletrônico parte, exatamente, dessa premissa. Na hora em que o colaborador marcar o ponto, será tirada uma foto do funcionário — ou seja, uma “selfie”. Em questão de segundos, o próprio aplicativo vai comparar a foto com a que já existe no banco de dados.

Assim, é possível garantir que cada pessoa marque o seu ponto sem erros, mesmo que esteja à distância.

O que acontece se alguém tentar burlar o sistema?

O uso dessa funcionalidade no sistema de ponto eletrônico também trabalha com a possibilidade de as informações não serem correspondentes. Nesse caso, o gestor recebe um alerta imediato, para que confira a discrepância dos dados.

Isso é muito importante por dois motivos. O primeiro é que o alerta em tempo real permite identificar e até punir possíveis fraudes. Com isso, não há o risco de uma jornada inteira ser contabilizada incorretamente.

O outro ponto tem a ver com mudanças específicas que podem ser checadas antes de alguma ação ser tomada. Talvez o funcionário esteja em um ambiente um pouco mais escuro ou tenha feito certa modificação capaz de afetar o reconhecimento facial. A intervenção do gestor permite validar situações do tipo, sem o risco que erros passem em branco.

sistema de ponto eletrônico

Quais as vantagens para o sistema de ponto eletrônico?

A maior vantagem do reconhecimento facial é que o sistema de controle de ponto fica mais eficiente e seguro. É possível eliminar os riscos de que um colaborador marque ponto por outro, o que configura fraude. Como as selfies são tiradas e enviadas para o gestor, a avaliação é completa e feita em tempo real.

Além disso, é uma forma de evitar problemas para o negócio, como a perda de produtividade ou a falta de confiabilidade sobre os dados. Trata-se de uma camada extra de segurança, responsável por aumentar o controle e a visibilidade.

Desse modo, uma solução com essa qualidade é muito robusta, completa e adequada às necessidades atuais.

O reconhecimento facial do sistema de ponto eletrônico o torna mais seguro, eficiente e à prova de fraudes. Com o uso da ferramenta correta, é possível garantir um acompanhamento melhor sobre as jornadas de todas as equipes.

Gostou de conhecer essa funcionalidade? Compartilhe o post nas suas redes sociais e mostre o potencial para o seu time!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog