Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Como fazer a marcação de ponto de funcionários home office?

marcação de ponto de funcionários

O modelo de trabalho home office passou a ser contemplado com a Reforma Trabalhista, em vigor desde 2017. Nessa proposta, os colaboradores atuam a distância, geralmente de casa, com ajuda da internet. Apesar de ser uma aposta para o futuro, gera muitas dúvidas em relação a processos que, antes, eram executados exclusivamente fisicamente. Entre as questões mais importantes, há a marcação de ponto de funcionários.

Afinal, não é viável fazer com que todos se dirijam à empresa somente para abrir e fechar o ponto. Como, pela lei, essa tarefa só pode executada pelo trabalhador, novas alternativas têm surgido nesse sentido.

Para acabar com todas as dúvidas sobre o tema, veja como realizar a marcação de ponto de funcionários que atuam no regime home office.

Por que o controle de ponto eletrônico online é a melhor opção?

A alternativa ideal para solucionar essa situação é o sistema de controle de ponto eletrônico. Como o próprio nome revela, ele utiliza a tecnologia para garantir que os colaboradores marquem as ocorrências de jornada.

No caso específico do home office, o recomendado é recorrer a uma ferramenta online. Por meio de um aplicativo, o profissional insere sua matrícula e registra o ponto com apenas um toque. Então, mesmo a distância, as informações são registradas em tempo real.

Essa é uma alternativa para manter a conexão entre as partes e para evitar que ocorra qualquer tipo de perda de informações na marcação de ponto de funcionários. Também é uma opção segura e que mantém a disponibilidade de dados para a gestão de RH, por exemplo.

Além de tudo, é uma forma de ter mais transparência e produtividade. A elaboração da folha de pagamento ocorre de um modo simples, já que vários cálculos são automáticos. Com isso, o trabalho remoto é favorecido e a gestão não perde produtividade.

marcação de ponto

Como funciona a marcação de ponto de funcionários com geolocalização?

Ao mesmo tempo, uma preocupação com esse tipo de controle tem a ver com a prevenção de fraudes. É preciso pensar em meios de impedir que informações incorretas sejam adicionadas, o que poderia causar prejuízos.

Para lidar com essa questão, o ideal é que o sistema de marcação de ponto de funcionários tenha um recurso de geolocalização. Basicamente, o gestor define um local ou uma área de onde as pessoas podem marcar a jornada. Se houver qualquer discrepância de dados, a informação é enviada para que a gestão possa revisar e checar com o colaborador, por exemplo.

Assim, há a chance de fazer as retificações necessárias, além de coibir a ocorrência de práticas inadequadas.

E o recurso de reconhecimento facial?

Outra funcionalidade que serve para evitar as fraudes é o reconhecimento facial. Por meio dessa solução, o sistema de marcação de ponto de funcionários tira uma selfie do funcionário no momento em que ele usa o aplicativo. A imagem é analisada com uma foto de comparação e, se houver o reconhecimento, tudo transcorre sem problemas.

Caso ocorra qualquer dúvida, a imagem é enviada para o gestor, que pode entrar em contato com o colaborador. Assim, não há o risco de outra pessoa marcar o ponto no lugar do trabalhador, por exemplo.

A marcação de ponto no modelo home office é possível graças ao uso de um sistema eletrônico online. Com as características certas, não apenas a ferramenta automatiza o processo, como ajuda a prevenir fraudes.

Gostou dessas informações? Cadastre-se em nossa newsletter e tenha muito mais dicas para aplicar na gestão de RH!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog