Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Folha de ponto manual: quais os riscos dessa operação?

folha de ponto manual

A folha de ponto manual ainda é utilizada em várias empresas de tamanhos e segmentos distintos. O problema é que essa é uma solução repleta de pontos negativos e que pode gerar perdas variadas.

Conhecer os riscos da operação é o primeiro passo para atuar de maneira estratégica. Afinal, é a sua chance de entender por que essa modalidade deve ser substituída pela tecnologia.

A seguir, veja quais são os riscos apresentados pela folha de ponto manual e entenda se eles podem realmente prejudicar seu negócio!

O preenchimento incorreto prejudica a folha de pagamento

Um dos maiores problemas com esse documento é, exatamente, o fato de ele ser preenchido manualmente. Após o recolhimento da marcação, o RH precisa elaborar uma folha de controle para cada colaborador.

Ainda que cada funcionário deva assiná-la, há os riscos de ela ser preenchida incorretamente. Mesmo que todas estejam certas, erros podem acontecer no momento da elaboração da folha de pagamento — que também será manual. Isso fará com que a empresa não pague o valor correto aos colaboradores, o que gera problemas.

A possibilidade de perda dos dados torna a operação arriscada

O uso da folha de ponto manual ainda aumenta os riscos de ocorrerem perdas das informações contidas. Afinal, basta que a folha de um dia seja perdida para que todos os dados do mês fiquem comprometidos.

Trata-se de uma situação que exige ainda mais cuidado, o que pode demandar mais custos. Também há mais riscos porque muitas situações são incontroláveis e a perda física dos itens comprometerá vários outros processos de RH.

As chances de fraude são maiores com a folha de ponto manual

Além de tudo, essa modalidade é arriscada porque potencializa os riscos de ocorrerem fraudes diversas. Como o registro é estritamente manual, pode ocorrer de um colaborador registrar horários de entrada e saída que não são exatamente compatíveis.

Mesmo no setor de RH as alterações podem acontecer sem que haja controle efetivo de modificações. Com isso, há uma redução no nível de confiabilidade dos dados, o que compromete toda a atuação.

A empresa corre mais riscos de sofrer ações trabalhistas

O Ministério do Trabalho tem regras muito claras sobre o controle de jornada e suas várias etapas. Por isso, a folha de ponto manual pode funcionar como uma catalisadora de ações trabalhistas.

Afinal, erros diversos fazem com que os colaboradores não recebam o justo. Se isso for contestado diante da justiça, a empresa pode se ver obrigada a pagar uma elevada indenização.

Há, ainda, a questão quanto à guarda de informações. Já que a folha manual corre mais riscos, a empresa pode não ter os dados para apresentar se for confrontada. Com isso, tem menos chances de sair vencedora da ação.

A folha de ponto manual traz diversos riscos para o negócio, principalmente em termos de controle e confiança. Com o seu uso, a empresa está sujeita a ter despesas extras, o que precisa ser observado.

Para automatizar essa tarefa, veja 4 diferenciais do sistema de controle de ponto eletrônico e saiba como ele atua na gestão de pessoas!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog