Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Cooperativa de crédito de livre admissão: quais são os prós e contras para empresas?

cooperativa de crédito de livre admissão

A cooperativa de crédito de livre admissão, tem chamado atenção de muitos empresários, mas a pergunta é: quais são os prós e contras para as empresas.

cooperativa de crédito de livre admissão

Cooperativa de crédito ou cooperativa financeira, trata-se de  uma associação de pessoas, sem fins lucrativos, com natureza jurídica própria, integrante do Sistema Financeiro Nacional e destinada a propiciar crédito e produtos financeiros exclusivamente a seus associados, com juros abaixo do mercado.

Porém, mesmo com todas as vantagens aparentes, muitos investidores se sentem inseguros para investir numa cooperativa de crédito de livre admissão.

Neste artigo você vai entender se para as empresas é um bom negócio investir numa cooperativa de crédito de livre admissão, fique conosco até o fim.

O que é uma cooperativa de crédito de livre admissão?

Esse conceito é importante para o desenvolvimento deste artigo, pois talvez isso não esteja claro em sua mente. Para explicar teremos que dividir esta frase.

Cooperativa de Crédito 

A história diz que o cooperativismo surgiu em 1849, na Alemanha, como uma proposta contra os juros abusivos cobrados pelos bancos daquele tempo.

Já no Brasil, em 1889, em Minas Gerais, teve seu primeiro movimento, mas somente em 1902, foi oficialmente instituída pelo padre jesuíta Theodor Amistard, a primeira cooperativa de crédito, em Nova Friburgo. 

Hoje estima-se que no Brasil existam cerca de 1100 cooperativas de Crédito, reconhecidas pelo Banco Central, como entidades mercantis.

Mas, qual seria a definição de uma cooperativa de crédito?

Uma cooperativa de crédito é uma associação de pessoas, sem fins lucrativos, com natureza jurídica própria, integrante do Sistema Financeiro Nacional e destinada a propiciar crédito e produtos financeiros exclusivamente a seus associados.

E o que seria Livre Admissão

A livre admissão dentro do universo das cooperativas de crédito, está se referindo a  possibilidade de qualquer membro da sociedade — independentemente da sua classe profissional, vínculo empregatício ou poder econômico, bem como se é pessoa física ou jurídica — se associar e se tornar um cooperado da instituição.

Juntando tudo temos que a Cooperativa de crédito de livre admissão é uma instituição legal, de natureza jurídica, sem fins lucrativos,  com objetivo de oferecer crédito aos seus associados, que podem ser qualquer membro da sociedade, seja pessoa física ou jurídica.

Quais os Benefícios de associar-se a uma Cooperativa de Crédito de Livre Admissão?

Você tem muita vantagens ao associar-se a uma cooperativa de crédito de livre admissão, dentre eles:

Juros Baixos

Juros mais baixos que os praticados no mercado, é a primeira proposta das cooperativas de crédito para seus associados. Afinal foi com esse objetivo que elas se formaram.

As cooperativas de crédito são instituições sem fins lucrativos, e todos que tem acesso a seus créditos são os associados ou seja de certa forma são donos, por isso também as condições especiais.

Atendimento Personalizado 

Independente de ser pessoa física ou jurídica, para usar a cooperativa você precisa ser um sócio, por isso deixa de ser um cliente comum, e como ‘dono’ você será tratado.

Então um atendimento super preferencial é dado ao procurar sua agência. Uma das práticas dessas instituições é o bom atendimento, até porque eles querem mais investidores, então nunca se sabe se o cliente de hoje pode virar patrão amanhã.

Rendimentos Atrativos

Se o associado tiver uma reserva para investimento, pode aplicar na cooperativa como um depósito a longo prazo, e terá rendimentos geralmente maiores que o mercado financeiro oferece.

A cooperativa tem  isenção tributária, não sendo obrigatório o recolhimento de depósitos compulsórios como acontece com os bancos, por isso elas têm condições de oferecer maiores taxas de rendimentos aos seus associados.

Participação nos Lucros

Todas instituições sem fins lucrativos, não retém seus lucros, elas guardam parte de seus ganhos para sua manutenção e dividem o restante entre seus sócios, que no caso das cooperativas de crédito são todos os usuários.

Você agora já sabe o que são cooperativas de crédito de livre admissão, conhece um pouco da sua história, seus objetivos e os benefícios de ser um associado. Mas nossa proposta é lhe apresentar todos os lados para lhe dar confiança sobre esse tipo de instituição mercantil.

Veremos agora os pontos negativos, ou os risco que envolvem os associados dessas cooperativas.

Pontos de Risco das Cooperativas de Crédito 

Bom, se essa é a sua dúvida, saiba que você não é o único a procurar saber quais riscos envolvem uma cooperativa de crédito.

Vamos listar aqui o que pode acontecer e o cuidado que você deve ter ao escolher uma cooperativa de crédito para investir.

Cobranças Administrativas 

Já vimos aqui que essas são instituições sem fins lucrativos, portanto é esperado que apesar das taxas que normalmente precisam ser cobradas devido aos custos com expediente, que suas taxas por terem ausência de lucros, sejam menores que as de outras instituições.

Portanto antes de se associar verifique se as taxas administrativas cobradas são realmente menores que as instituições que têm lucro.

Falência 

Eis aqui algo que você precisa saber, como para ser cliente você precisa se associar, aqui tem um ponto que todos temem: e se a cooperativa falir? 

Assim como as sobras financeiras são rateadas entre os investidores/sócios se houver prejuízo, esses também terão que arcar. Ou seja, se houver uma falência, você além de perder seu investimento poderá ter que pagar o prejuízo.

Porém esse é um fato pouco comum, e as cooperativas possuem um fundo de reserva visando uma possível emergência, para que estas não atinjam seus associados.

Conclusão

Mesmo sabendo de tudo isso, aconselho que antes de se associar a uma cooperativa, procure o Confebras que é o Sistema de Crédito Cooperativo ali você pode pesquisar a saúde financeira da cooperativa de crédito que pretende se associar.

Existem grandes vantagens em se associar a uma cooperativa de crédito, basta observar os pontos que listamos para ter a segurança que sua empresa precisa, além do fato que todos seus processos financeiros podem ser todos pela cooperativa lhe facilitando o atendimento. 

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog