Sumário

Como fazer a gestão e controle de ponto em empresas de tecnologia?

gestão e controle de ponto em empresas de tecnologia

As empresas de tecnologia não param de crescer e, por isso, possuem cada vez mais funcionários. Com isso a responsabilidade em fazer a gestão e controle de ponto também aumenta. 

Isso é um desafio principalmente porque muitas vezes há equipes internas e externas. É comum que muitos funcionários trabalhem em home office ou em escritórios que terceirizam os serviços. 

Com a pandemia do Covid-19 o home office ganhou ainda mais força e muitas empresas perceberam que fazer o controle da jornada de trabalho nesse caso exige a adoção de alternativas seguras e viáveis. 

Se você quer saber mais sobre como fazer a gestão e controle de ponto em empresas de tecnologia, continue lendo esse texto. 

Por que o controle de ponto é importante?

Assim como acontece em qualquer outro ramo, o controle de ponto é fundamental nas empresas de tecnologia. 

O controle das horas trabalhadas é necessário para a correta elaboração da folha de ponto e posterior cálculo dos salários. 

Para qualquer segmento, a Consolidação das Leis de Trabalho (CLT) regulamenta o controle no Artigo 74, de acordo com as seguintes regras: 

  • § 2º para empresas com mais do que vinte funcionários, a anotação dos horários é obrigatória;
  • § 3º caso o trabalho seja realizado fora da empresa, o horário pode ser anotado manual, mecânica ou eletronicamente sem que isso prejudique nenhuma das partes;
  • § 4º métodos alternativos de registro são permitidos desde que haja acordo comum individual ou coletivo. 

De acordo com a própria CLT, a gestão e controle de ponto é obrigatória para empresas de tecnologia e outros ramos quando possuem mais de 20 funcionários. 

No entanto, com o aumento do número de profissionais desse setor em home office, o controle adequado se tornou um problema que exige solução rápida e eficiente. 

Qual os benefícios para empresas de tecnologia fazer o controle de ponto?

Além da segurança jurídica, o controle de jornada nos permite obter informações sobre as horas trabalhadas. Assim, conseguimos ter melhor noção sobre produtividade e controle de folha de pagamento.

Atualmente existem aplicativos capazes de fazer o controle da jornada. Eles ainda geram relatórios com informações essenciais para a análise da equipe e gestão eficiente por parte do Recursos Humanos. 

Com esse recurso é possível avaliar o banco de horas, as faltas, atrasos, férias, entre outras informações utilizando apenas um dispositivo móvel e uma conexão com a internet. 

Além disso, com o recurso de geolocalização dos trabalhadores externos, pode-se acompanhar os locais adotados. 

Assim, há um controle mais eficiente sobre o deslocamento, locais visitados e o cumprimento dos horários estipulados na agenda do profissional. 

Equipes remotas: tem como fazer a gestão de ponto nas empresas de tecnologia?

trabalho remoto e a gestão do controle de ponto
Freepik

É comum as empresas de tecnologia adotarem políticas de trabalho diferenciadas em comparação às organizações mais tradicionais. 

Em muitas delas o trabalho remoto já era algo recorrente porque assim o funcionário poderia executar as suas atividades na sua própria residência, sem a necessidade de se deslocar.

É comum também que alguns trabalhadores saiam para exercer as suas atividades em outras empresas, como as equipes de vendas externas

Com a pandemia, a partir do início de 2020, o número de funcionários em home office aumentou consideravelmente, tornando ainda maior o desafio do controle eficiente do ponto

Para fins de comprovação trabalhista, é preciso que o sistema de controle seja não apenas eficiente, como também seguro tanto para o contratante quanto para o funcionário. 

Para garantir isso, as ferramentas tecnológicas surgiram como ótimas alternativas. Assim, proporcionando a ambas as partes a confiança necessária, sobretudo às empresas de tecnologia. 

O que a lei diz sobre o controle de ponto?

Os principais requisitos e regras para o controle de ponto estão presentes no Artigo 74 da Consolidação das Leis de Trabalho (CLT). 

A questão mais importante é que, seja para empresas de tecnologia ou de qualquer outro setor, o controle de ponto é obrigatório a partir de vinte funcionários. 

Isso pode ser feito de forma manual, mecânica ou eletrônica. Apesar dessa lei, trabalhadores em home office, cargos de confiança e funcionários de locais com menos do que 20 contratados ficam isentos. Entretanto, ainda é ideal o controle de ponto por questões de segurança.

Como funciona o controle de ponto online?

Para as empresas de tecnologia que possuem funcionários em home office ou que trabalham fora da sede, o sistema de ponto online é uma alternativa viável, eficiente e segura. 

Os sistemas mais modernos possuem todas essas vantagens e são considerados muito simples de usar. Eles são intuitivos e permitem a marcação rápida e precisa. 

Uma das maiores vantagens é que com esse sistema o trabalhador marca os horários de entrada e saída usando seu próprio dispositivo móvel. 

Isso pode ser feito por meio de um computador, tablet ou smartphone. Ou seja, não é necessário nenhum equipamento específico. 

Por ser feita eletronicamente, a marcação é segura. Com ela é possível evitar falhas humanas que frequentemente acontecem nessa situação. Caso o sistema identifique algum problema ele emite alertas. 

Outra vantagem é que mesmo que não haja uma conexão com a internet disponível, as informações ficam salvas. Assim que a conexão é estabelecida, o registro é transmitido à empresa. 

Por fim, é possível adequar o sistema de acordo com as necessidades para que as empresas de tecnologia se beneficiem ainda mais dele. Diante dessas vantagens, o sistema é considerado como de excelente custo benefício. 

Sistema de controle de ponto por aplicativo 

Como já foi dito, o controle de ponto por aplicativo é a forma mais eficiente para as empresas de tecnologia controlarem a jornada dos seus colaboradores. 

Diante disso, o TradingWorks se mostra uma ferramenta essencial nesses casos. Seja para trabalhadores em home office ou em campo, o aplicativo permite a marcação segura e eficiente. 

Com as informações em mãos os gestores conseguem avaliar melhor a sua equipe. Além disso, conseguem facilmente fazer ajustes sempre que preciso. 

A segurança também é um ponto forte. O sistema faz o reconhecimento facial do trabalhador utilizando a câmera do próprio dispositivo móvel. 

Os relatórios gerados podem ser utilizados como indicadores de desempenho das equipes e, por isso, contribuem com a melhoria geral das empresas de tecnologia. 

Enfim, frequentemente as empresas de tecnologia possuem grande número de funcionários em home office e trabalho externo. 

Isso dificulta muito o controle de ponto, mas a adoção de sistemas eficientes, como aplicativos para smartphone, soluciona a questão de modo eficiente. 

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog