Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Controle de Ponto: confira os principais tipos

Um registro de ponto manual

Existem diversos tipos de ponto eletrônico. Empresas com mais de 20 funcionários são obrigadas a utilizar o controle de horas e o acompanhamento da jornada de trabalho devido à Consolidação das Leis do Trabalho (CLT), e de acordo com a Lei nº 13.874, de 2019. Por isso, torna-se fundamental entender qual tipo de controle de ponto é melhor para cada companhia.

Com as agendas lotadas de hoje, às vezes pode ser difícil acompanhar quando os funcionários chegam e saem. No entanto, isso deve ser observado. Promover o controle da equipe é fundamental para qualquer negócio.

Diferentes tipos de controles de tempo atendem a esse propósito, ajudando os empregadores a cumprir os mandamentos trabalhistas e evitar atrasos, o que é bom para funcionários e empresas.

Pensando nisso, nossa equipe reuniu neste artigo as principais informações sobre o tema, para dar uma ideia dos diferentes tipos de controles de ponto. Leia e confira!

Quais são os principais tipos de controle de ponto?

Antes de decidir qual tipo de controle de tempo é melhor para sua empresa, você precisa considerar:

  • o número de colaboradores;
  • quantos empregos a tempo inteiro ou a tempo parcial existem;
  • se há pessoal externo ou remoto;
  • o tamanho da instalação;
  • se há acesso de clientes e fornecedores da empresa (possivelmente investindo em controles de acesso integrados neste momento);
  • movimento de entrada e saída de pessoas;
  • entre outros fatores.

Esse tipo de pesquisa e questionamento é importante porque, dependendo da demanda, pode haver cortes que prejudicam tanto os funcionários quanto a empresa.

Portanto, dependendo do tamanho da organização, às vezes é necessário usar mais de um mecanismo de cronometragem (ou ter vários locais onde os funcionários podem fazer check-in e check-out).

Abaixo, dê uma olhada em alguns dos principais tipos de controle de ponto no mercado hoje e quais são seus prós e contras.

Sistema manual

Livro de ponto

Um controle de ponto em papel.

Este é provavelmente o recurso de inscrição mais barato e pode ser totalmente utilizado quando a empresa é pequena. 

É normalmente usado em empresas onde os funcionários são pagos por hora (como no caso das escolas). Dependendo do tamanho da organização, essa também pode ser a opção mais viável se a empresa empregar horários flexíveis. 

No entanto, uma vez que é feito e verificado à mão, muitas vezes pode ocorrer erro humano, e apagar ou modificar pode afetar as horas trabalhadas.

O perigo da marcação britânica

O ponto britânico (também conhecido como anotação britânica) trata da prática de manter um registro com horários fixos de entrada e saída para todos os funcionários, todos os dias, sem exceção, e como se fosse um retrato digno da realidade.

Em outras palavras, se um contrato prevê que um trabalhador deve chegar todos os dias às 08h e ficar na companhia até às 18h, o seu cartão de ponto sempre indicará esses horários.

Cartão de ponto manual

Uma ilustração de registro de ponto.

Os funcionários recebem cartões de ponto e registram a entrada e saída da empresa. Porém, esse é um processo trabalhoso, muitas vezes de filas, e ao final de cada mês o funcionário tem que enviar seu cartão para o RH – o profissional tem que calcular manualmente todas as horas trabalhadas para cada funcionário.

Sistema de ponto mecânico

Relógio de ponto eletrônico

Um executivo com os braços cruzados.

Este é um dispositivo bem conhecido da empresa. Ele utiliza componentes mecânicos e eletrônicos para registrar todos os movimentos de entrada e saída dos funcionários por meio de cartões de ponto, muitas vezes localizados ao lado do equipamento.

No entanto, o funcionário precisa assumir muita responsabilidade e até um pouco de sorte, pois a menor das contingências causará atrasos e ele será punido.

Vale ressaltar que esse aparelho é só físico, sem possibilidade de atender demandas de externos e remotos. O cálculo por parte do setor de RH também continua sendo via planilha  ou manual. A própria retirada das informações, exige que alguém do RH vá até lá e baixe através de um pendrive e depois organize as planilhas em um PC.

Sistema de controle de ponto eletrônico

Crachá com chip ou código de barras

Um sistema de controle de ponto eletrônico por crachá.

Este tipo de controle de ponto é muito eficaz em situações de tráfego intenso. Basta associá-lo a um ponto eletrônico ou até mesmo a uma catraca de entrada. Seja um chip ou um código de barras, todas as informações de uma pessoa estão contidas nele, garantindo assim um controle efetivo. 

Ainda assim, os departamentos de RH e financeiro têm um trabalho muito mais fácil porque relatórios personalizados podem ser recebidos diretamente no computador, evitando fraudes. No entanto, ressaltamos que se trata apenas de captura de informações, e não de cálculos automatizados.

Leia também: RH 4.0 – Guia Completo Para Sua Empresa

Sistema por biometria ou impressão digital

Um registro de ponto feito por biometria.

Entre os relógios, o ponto biométrico é um sistema mais moderno, pois impossibilita as chances de fraude. A tecnologia ficou cada vez mais barata ao longo do tempo, e hoje pode até ser utilizada por pequenas empresas. 

Alguns sistemas permitem que os funcionários que trabalham remotamente acompanhem seu tempo usando leitores portáteis de impressão digital ou aplicativos eletrônicos de cronometragem que realizam essas leituras.

A principal dificuldade está em controlar os trabalhadores horistas, a menos que tenham acesso aos leitores no momento em que iniciam e terminam seu trabalho.

Sobre os custos para manter o equipamento, vale ressaltarmos que é importante considerar os gastos extras que esse equipamento tem. Além do custo de implantação, é importante contar com a compra da bobina térmica, que serve para emitir os comprovantes. 

Também ressaltamos que, se a empresa for grande, é necessário adquirir mais de um equipamento para evitar filas nas horas de entradas, intervalos e saídas.

Para saber detalhes e valores, entre em contato com nossos especialistas

Sistema de ponto online

Uma mão segurando um celular.

Além de serem fáceis de usar, os pontos online são um dos tipos mais seguros e modernos de controles de ponto. Os próprios funcionários utilizam dispositivos digitais ao seu alcance, como smartphones, tablets ou o próprio computador, para compromissos diários. Os aparelhos de sistemas online também registram em modo offline.

Como o sistema, a probabilidade de erros em registro de horas trabalhadas, faltas, horas extras e absenteísmo é muito menor. E, para evitar que o funcionário esqueça de se cadastrar, e caso a jornada de trabalho não seja completa, ele será notificado.

Existem poucas desvantagens no sistema, pois facilita a vida dos funcionários e da empresa. Ressaltamos também o fato de que nenhum sistema de registro de ponto é automático, uma vez que cada colaborador precisa agir para que o registro seja feito.

Sistema por catraca online

Os portões de acesso online permitem o registro de impressões digitais de funcionários e cartões de proximidade. Assim, os funcionários podem acessar a empresa por meio de um controlador de acesso, que coleta os dados e os envia automaticamente para um computador.

Portanto, o controle de ponto digital também se torna mais fácil e otimizado. Vale a pena mencionar que também funciona em modo offline.

Sistema para controle de acesso

Gerenciar a entrada e saída de funcionários por meio de um sistema de controle de acesso é uma excelente opção para garantir a proteção e segurança dos ativos. 

Ele permite que você publique relatórios como frequência, controle os horários de maior movimento e veja quantas pessoas estão na empresa naquele momento.

Essas informações são enviadas de forma centralizada e o sistema pode ser integrado ao ponto de venda da sua empresa.

TradingWorks: O Melhor Serviço em Registro de Ponto Eletrônico

A TradingWorks é uma empresa que oferece um sistema de controle de ponto eletrônico. O seu serviço se destaca por permitir registros e marcação de ponto mais facilmente, através do celular com GPS e biometria facial. 

Além disso, através do aplicativo, é possível acompanhar o banco de horas, as horas extras e os atrasos, bem como fechar a folha com rapidez e segurança.

Benefícios do ponto eletrônico TradingWorks

O que diferencia o serviço da TradingWorks é o fato de todos os serviços serem projetados para facilitar a vida do trabalhador e da empresa, registrando em tempo real as horas trabalhadas e sendo fiel à folha de pagamento.

Algumas das principais vantagens de utilizar o ponto eletrônico, independente do modelo são:

  • O fato de poder utilizar em qualquer dispositivo, como celular computador e tablets (nos aparelhos de registro online), bastante apropriado para home office;
  • Todos os cálculos serem automatizados;
  • Trave de esquecimento;
  • Registro de ponto via selfie;
  • Dashboard executivo.

Fale com os especialistas sobre o melhor sistema de controle e gestão de ponto. Saiba mais!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog