Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Recursos Humanos: como medir o clima organizacional da empresa?

clima organizacional

Fazer uma boa gestão de recursos humanos vai além do controle de ponto e da definição de jornada de trabalho. É preciso dar atenção ao ambiente e às condições do lugar, até mesmo para conquistar a motivação. Nesse sentido, é indispensável saber como medir o clima organizacional da empresa.

Esse é um dos elementos mais importantes do negócio, já que representa a “sensação” que as pessoas têm de trabalhar no lugar. Quanto melhor for o clima, maiores são a retenção de talentos e a produtividade — e o contrário também é verdadeiro.

Já que se trata de algo tão relevante para a área de recursos humanos, aproveite para descobrir como medir o clima organizacional da empresa.

Faça uma pesquisa de clima organizacional

Para fazer esse acompanhamento é indispensável realizar uma pesquisa de clima organizacional. Ela deve ser executada com todo o time, de modo a conhecer qual é a percepção dos colabores sobre o ambiente de trabalho.

Essa ferramenta envolve diversas perguntas, como a satisfação das pessoas em trabalhar no local ou como se sentem quanto à liderança. É possível criar questões abertas ou fechadas (como as de “sim” ou ”não” ou com escala de 0 a 10).

Esses resultados são fundamentais para entender melhor quais são as necessidades e as possibilidades em relação aos recursos humanos da empresa.

Analise os dados de maneira contextualizada

Em seguida, é preciso fazer uma análise completa de todas as informações obtidas por meio da pesquisa. A ideia é fazer cruzamentos de modo a compreender melhor quais são as demandas específicas.

Ao dividir as respostas de acordo com a faixa etária, por exemplo, é possível identificar quais são as percepções de cada geração. Já a divisão por área ou gênero traz uma visão mais completa sobre quais são os principais problemas.

Além de ter uma visão ampla sobre a empresa, essa é uma forma de reconhecer as características dos segmentos e como é viável melhorar o clima organizacional.

recursos humanos

Meça os indicadores de recursos humanos

A pesquisa é uma maneira direta de avaliar o clima da empresa e a percepção dos funcionários sobre o negócio. No entanto, também é possível chegar aos resultados ao acompanhar os indicadores do setor de recursos humanos.

É o caso de conferir, por exemplo, a taxa de absenteísmo. Se os colaboradores faltam com muita frequência, pode ser sinal de que estão insatisfeitas. Da mesma forma, uma taxa de rotatividade elevada indica que existe alguma situação nesse sentido.

Aproveite para analisar os indicadores mais relevantes, de modo a ter uma visão indireta sobre a situação. Com o estudo sobre os números, a tomada de decisão é favorecida.

Conheça os principais indicadores do clima organizacional

Apesar de cada empresa ter suas peculiaridades, alguns marcadores são comuns a todas elas, independente do seu porte, então fique atento como sua empresa está em cada um deles.

 

  •  Turnover

 

A taxa de turnover é a relação de entrada com a saída de colaboradores, quando essa taxa ultrapassa os 5% é momento da empresa acender o alerta vermelho.

 

A rotatividade nunca foi benéfica para a empresa, entenda que existem custos envolvidos na admissão e demissão de um profissional.

 

Principalmente quando essas demissões são de forma voluntária. 

 

Uma das funções do Rh é a retenção de talentos, e quando o clima da empresa não está bom, os grandes talentos são os primeiros que pedem para sair.

 

Sempre existe mercado para os bons profissionais, por isso quando o clima não está bom eles sempre vão embora.

 

Então se sua empresa tem esse quadro, de alta rotatividade, algo precisa melhorar no clima organizacional.

 

Uma dica importante é fazer uma entrevista com aqueles que pedem demissão e procurar entender os motivos que levaram a sair.

Dessa forma estará usando o turnover em favor da empresa, colhendo pontos que podem ser trabalhados para diminuir a rotatividade e reter seus talentos.

 

2 – Absenteísmo

Absenteísmo é o índice de falta ou atraso sem justificativa, quando esse evento se torna frequente é momento de ter atenção ao clima organizacional.

 

Assim como o turnover, o absenteísmo sem razão, merece total atenção da equipe gestora.

 

Entender a razão desses eventos ajuda a resolver os problemas de clima organizacional.

 

As razões do absenteísmo estão relacionadas ao clima de estresse, acúmulo de tarefas, pressão da chefia, relacionamento entre colegas e outros.

 

Outro problema que é comum são problemas pessoais, isso afasta o colaborador da empresa de forma inconsciente.

 

Quando esse for o motivo é importante que a empresa se apresente com ajuda profissional, que vai ajudar seu colaborador.

 

3 – Produtividade baixa

 A produtividade baixa é outro termômetro de clima organizacional ruim, a equipe desmotivada seu primeiro sinal está na quebra da produtividade.

 

É preciso entender que aqui nos referimos a uma empresa que já tem seu histórico formado e seus resultados começam a ser reduzidos.

 

Nesse caso então a gestão deve rapidamente identificar os fatores da redução de produtividade.

 

Uma verdade inegável que uma equipe motivada sua produtividade está sempre em alta, colaboradores focam no trabalho e cumprem metas.

 

4 – Problemas Judiciais       

Quando o clima organizacional está ruim, os colaboradores saem como inimigos da empresa. Magoados, e seu caminho certo é a justiça.

Então quando a empresa passa por muitos problemas jurídicos, esses testificam que seu clima organizacional está precisando ser melhorado.

 

Se esse é seu problema, e alguém já lhe orientou sobre o clima organizacional, pode saber que esse é o caminho de melhora.

 

Na verdade, quando a empresa sofre desse problema, os colaboradores ainda dentro de sua função já começam a juntar provas contra a organização.

 

Ou seja, eles nem esperam o fim do processo para saber se devem ou não mover uma ação contra a empresa.

 

É preciso saber que quando se chega a esse nível, está havendo problemas de gestão, então é preciso começar um trabalho de mudança para evitar esse clima organizacional problemático

 

5 – Ambiente de trabalho

Com a visão sempre focada em resultados, a gestão empresarial esquece de detalhes que fazem uma grande diferença em sua empresa.

 

Um desses detalhes está no ambiente de trabalho, ele compreende pelo menos 3 pontos importantes, que quando não são respeitados impactam negativamente o clima organizacional. São eles:

 

  • Aspecto Físico – Aqui se trata do local de trabalho, mas a parte voltada ao uso particular do trabalhador, como por exemplo: banheiro ou copas .                                                                                                                                                                                                                                                           
  • Condições de Trabalho – a preocupação aqui está relacionada ao local onde se executa as atividades de trabalho.
  1. Relações Interpessoais –  Falta de harmonia nesse campo prejudica toda empresa.

 

Como fazer com esses indicadores de clima organizacional

Ter os dados dos indicadores perde sentido se você não souber o que fazer com esses dados, afinal tê-los é para um objetivo, acompanhe:

 

A – Crie Objetivos

Ter esses dados em mãos é muito importante para sua empresa, e só faz sentido tê-los se você tiver objetivos para usá-los.

 

São seus objetivos que vão nortear a confecção das perguntas de seu questionário desse projeto.

 

Eles também vão servir de orientação para as respostas que você vai buscar através dos resultados.

 

Portanto, se você quer conhecer o clima organizacional de sua empresa comece traçando objetivos, antes mesmo de elaborar as perguntas que vão compor seu questionário.                                                                                                                        

B – Seja Transparente com seu projeto sobre clima organizacional

Essa deve ser uma ação voluntária, para que seu efeito seja o que se espera, então mantenha um diálogo aberto com sua equipe sobre seu projeto de conhecer o clima organizacional.

 

Mostre que é importante ouvi-los, por isso todos devem participar, pois dessa colheita vai depender as melhorias que ajudar a relação dentro da empresa

 

                                                            

Reforçando que a participação deve ser forma amigável, pois somente assim seu projeto de pesquisa será útil.

 

C – Coleta de dados

Feito os dois processos acima, chegou o momento de coleta de dados, geralmente as empresas  usam dois métodos: entrevistas ou questionários.

 

Sugiro que use questionários por três razões bem simples:

 

1 – Não causar inibição ao funcionário

2 – Questionário pode ser armazenado para consultas futuras

3 – Entrevistas podem ser manipuladas durante as perguntas.  

 

Apesar de todas as etapas terem sua importância, esse será o norteador de todo processo.                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                     

 

D – Colocando o plano em ação

Todo esse processo teve seu início dentro de uma necessidade da empresa de avaliar seu clima organizacional.

 

Agora chegou o momento de colocar em ação as medidas que serão a solução dos problemas de sua empresa.

 

Não se surpreenda se essas ações comecem pela própria gestão, mas aqui o importante é solucionar problemas, e identificá-los é apenas o princípio do processo.

 

Agora que você conheceu alguns dos indicadores do clima organizacional, e sabe o que fazer, recomendo que veja os próximos tópicos desse artigo que vão complementar essa visão.  

Avalie como anda a qualidade da comunicação

Além de tudo, é preciso entender como é a comunicação interna do time. A intenção é conferir quais são as principais necessidades e quais são os impactos em relação ao ambiente de trabalho.

Meça se há um grande nível de ruídos na comunicação e reclamações constantes nesse sentido. Além disso, veja quais são as ferramentas utilizadas, inclusive na área de recursos humanos.

Uma boa solução de controle de ponto, por exemplo, evita erros na folha e melhora o clima organizacional. Para completar, reforça a comunicação com times externos e em home office, o que favorece a sensação do ambiente.

Medir o clima organizacional é uma tarefa essencial para melhorar as ações de recursos humanos e para otimizar a atuação do time. Com essas dicas, será possível acompanhar os resultados de maneira consistente.

Se quiser ficar sempre por dentro das novidades e dicas, curta nossa página no Facebook e nos acompanhe no LinkedIn!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog