Controle de ponto online pra gestão de jornada fixa e home office.

Sumário

Cartão de ponto eletrônico x sistema de ponto online: qual é a melhor opção?

cartão de ponto eletrônico

A jornada de trabalho sempre foi um dos pontos importantes na gestão de recursos humanos, visto que a Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT) torna obrigatório o registro da entrada e saída dos funcionários. Por isso temos a questão, para esse controle seria melhor usar o Cartão de Ponto Eletrônico ou sistema de ponto online.

cartão de ponto eletrônico

A CLT,  com a Lei da Liberdade Econômica, sofreu uma Mini Reforma Trabalhista,  alterando, entre outras questões,  no que diz respeito ao controle de ponto. Anteriormente era exigido o registro de ponto, da entrada e saída para empresas com mais de 10 funcionários. Após reforma a quantidade foi alterada para 20 colaboradores.

Apesar dessa alteração, que de certo modo parece beneficiar o empregador, a questão do cálculo das horas extras é uma realidade universal para os empresários. Pois mesmo sem a obrigatoriedade de registro, o cálculo deve ser feito para não prejudicar o colaborador.

A Jornada de Trabalho e seu Controle

Compreender o controle da jornada de trabalho, é algo simples, pois se trata de um processo onde todas as horas de trabalho de um colaborador é registrado para calcular no fim do mês seus vencimentos.  

Dentro desse cálculo deve está incluso as horas de serviço, as pausas intrajornada,  e claro que não pode faltar as horas extras, sempre que houver. Outro fator a ser incluído, quando houver,  é o absenteísmo. Ou seja, nesse controle todo movimento laboral deve ser computado. 

A Lei e a Jornada

A Consolidação das Leis Trabalhistas (CLT), reúne todas as diretrizes regulamentares das leis trabalhistas. E quanto à jornada de Trabalho a CLT determina que independente de turno ou escala, o trabalhador deve cumprir uma carga laboral diária de 8 horas, totalizando 44 horas semanais.

A mesma regulamentação determina que o trabalhador pode fazer 2 horas diárias de horas extras, e que essas devem sofrer um acréscimo  de 50% ou 100% do valor de hora normal de sua jornada. Os índices de acréscimo dependem do dia ou horário do cumprimento das horas extras.

Ainda sobre as horas extras, também existe o banco de horas, que permite que elas possam ser compensadas através de folgas, o banco de horas atende tanto o colaborador quanto o empregador.

O controle de horas também envolve os intervalos intrajornada, que dá direito a um intervalo para jornadas que passam de 4  ou 6 horas.

Observe que um controle de jornada é muito importante para a boa administração empresarial. Uma ferramenta indispensável para os departamentos RH e DP.

A Obrigatoriedade do Controle de Ponto

A CLT torna obrigatório às empresas que possuem mais de 20 funcionários um rígido controle de pontos. Esse controle deve ser feito de forma pontual e individual.

Vejamos na íntegra o que diz o art 74 da CLT

Art. 74.  “O horário de trabalho será anotado em registro de empregados.

§ 1º (Revogado).

§ 2º  Para os estabelecimentos com mais de 20 (vinte) trabalhadores será obrigatória a anotação da hora de entrada e de saída, em registro manual, mecânico ou eletrônico, conforme instruções expedidas pela Secretaria Especial de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, permitida a pré-assinalação do período de repouso.

§ 3º  Se o trabalho for executado fora do estabelecimento, o horário dos empregados constará do registro manual, mecânico ou eletrônico em seu poder, sem prejuízo do que dispõe o caput deste artigo.

§ 4º  Fica permitida a utilização de registro de ponto por exceção à jornada regular de trabalho, mediante acordo individual escrito, convenção coletiva ou acordo coletivo de trabalho.” (NR)

A CLT como vimos, coloca à disposição do empregador escolher o meio de como controlar a jornada de trabalho de sua equipe, o registro pode ser manual, mecânico ou eletrônico.

Agora vamos analisar entre o cartão de ponto eletrônico e o sistema  de ponto on-line, qual a melhor opção.

Cartão de Ponto Eletrônico 

De forma geral temos que relatar que os controles de ponto eletrônicos fazem a tecnologia de ponta dos softwares. Mesmo sendo algo moderno, não quer dizer que não haja evoluções, sempre é importante estar atualizado neste quesito, pois o controle de ponto além de ser uma determinação legal, traz economia e a certeza que a empresa está recebendo, em horas de trabalho, o que contratou.

O cartão de ponto eletrônico funciona junto ao relógio digital.

Cada colaborador tem uma identificação pessoal, ele deve a cada movimento de entrada ou saída, utilizar esse cartão junto ao relógio digital para formalizar seu movimento.

Então na entrada para o trabalho, na hora do almoço ou outro intervalo, e na sua saída do expediente ele usa o cartão de ponto eletrônico para registrar seus dados laborais. 

Na prática funciona de uma forma muito simples: o funcionário insere ou aproxima o cartão no relógio de ponto digital, geralmente localizado logo na entrada da empresa, e suas marcações ficam armazenadas no aparelho.

Como esse sistema serve de armazenamento de dados, a empresa que é a responsável pela proteção dessas informações deve sempre ter cuidado com a manutenção desses aparelhos.

Essa manutenção desprende um certo custo, pois deve ser feita por empresas especializadas, afinal de contas essa a ferramenta é de grande utilidade para a empresa.

Pontos de desvantagens do controle de ponto eletrônico

Apesar de ser digital, e relatamos a superioridade dos softwares, esse sistema de controle de pontos por cartão eletrônico já tem concorrentes mais aprimorados.

Devidos as dificuldades é que se abre espaço para adequações, vejamos a seguir os o pontos de desvantagens do Cartão de ponto eletrônico:

  1. Manutenção: Apesar de digital, o relógio de ponto é um aparelho físico, que depende de ter sua funcionalidade acompanhada por parte da empresa. E para ter a certeza que tudo está dentro do esperado é necessária uma manutenção preventiva. Isso gera um custo adicional.
  2. Acesso: Esse relógio de marcação fica geralmente na entrada da empresa, preso na parede ou em cima de uma mesa, mas o importante é que gera um deslocamento do funcionário para ter acesso ao relógio e fazer sua marcação.
  3. Portabilidade: O cartão de ponto eletrônico fica na posse do funcionário, e não é incomum o fato de esquecer ou perda do cartão.
  4. Depreciação: Por alguns motivos, como: manuseio inadequado, exposição ao calor, acidentes e etc. Podem danificar o cartão, e isso pode afetar na sua leitura para a formação de dados. Agora imagine uma empresa com vários funcionários, como saber os cartões que marcam certo ou não.

Veremos agora o sistema de ponto online e suas características.

Sistema de ponto online

Essa modalidade de controle de ponto é o que há de mais moderno no mercado, ela veio desburocratizar as demandas dos gestores de RH e DP, além de garantir mais produtividade e segurança, tanto para os gestores como para seus colaboradores.

Como funciona o sistema de ponto online 

Esse é um sistema que faz a marcação de ponto através de um aparelho conectado a Internet, tudo pode ser feito por aparelho de celular, tablet ou computador. Para os os smartphones ou tablet esse controle é feito por meio de um aplicativo.

Esse software traz uma segurança importante, pois a marcação de ponto pode ser uma simples batida de ponto através do aplicativo, ou por reconhecimento facial. Essa modalidade inovadora se baseia no registro da foto do funcionário nos bancos de dados da empresa. 

Dessa forma as fraudes que antes eram cometidas, como alguém usar o cartão de ponto ou crachá, ficam impossibilitadas.

O sistema de ponto online não utiliza nenhum aparelho físico central como nas modalidades antigas, que já diminui os custos operacionais, com manutenção e reposição em casos de extravio ou depreciação.

Pontos característicos 

Como esse sistema é o mais moderno, ele vem corrigindo as falhas detectadas nas versões anteriores, assim é o sistema de ponto online da TradingWorks com ele sua empresa tem mais vantagens ao usá-lo, vejamos algumas delas:

  1. Custos: Como já foi notado sistema de ponto online, é super simples e não necessita de aparelhos físicos, portanto isso diminui os gastos com a operação. Por se tratar de uma plataforma digital, sua manutenção tem os seus custos reduzidos. 
  2. Confiabilidade: Neste processo as fraudes sempre causam suspeitas, para ambos os lados envolvidos. Essa modalidade de controle de pontos tem a maior confiabilidade perante os órgãos judiciais, devido a forma que coletam e armazenam suas informações.
  3. Praticidade: Com acesso às informações a qualquer momento, facilidade para incluir ou excluir pessoas na equipe, acesso restrito aos gestores responsáveis, fazem desse sistema algo simples de manusear. 
  4. Informação: Esse é o fim da burocracia, todas as informações precisas no momento necessário. O RH terá mais tempo para se dedicar a outras demandas.

A melhor forma de controle de ponto

Sem dúvida nenhuma o controle de ponto online, vem resolver todos os problemas que as versões anteriores apresentavam. Você pode conferir neste artigo que a modalidade de ponto online proporciona o que sua empresa precisa para melhor controlar a jornada de trabalho de sua equipe, de forma justa e transparente.

Aqui temos um presente, se você quer conhecer na prática como funciona o sistema de ponto online a TradingWorks lhe oferece um teste gratuito com acompanhamento de uma equipe técnica dando todo suporte para o RH de sua empresa usufruir todos os benefícios oferecidos pelo sistema da TradingWorks. (CLIQUE AQUI e ganhe seu teste gratuito).

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog

rescisão indireta

O que é rescisão indireta?

Você sabia que a rescisão indireta é um direito de todo trabalhador brasileiro que venha passar por uma situação em que seus direitos estejam sendo

Leia mais »