Sumário

4 diferenciais do sistema de controle de ponto eletrônico para a gestão do RH

diferenciais do ponto eletrônico

O controle da rotina de RH é essencial para o sucesso de um negócio. Entre as diversas atribuições, está a marcação de ponto, que serve para gerar a folha de pagamento. Entre as ferramentas que podem auxiliar esse processo, os diferenciais do ponto eletrônico se destacam.

Esse é um recurso inovador, autorizado pelo Ministério do Trabalho e que gera muitos benefícios para o negócio. Conhecer todos os aspectos únicos e positivos, inclusive, é essencial para se convencer sobre a necessidade de contratação da ferramenta.

A seguir, veja quais são 4 diferenciais do sistema de controle de ponto eletrônico gerados para a gestão de RH.

1. A automação de etapas aumenta a qualidade e reduz os erros

Um dos pontos mais importantes desse sistema é que ele permite automatizar os processos referentes ao controle de ponto. Basicamente, as informações são recebidas em tempo real e armazenadas na plataforma, de maneira segura e completa.

Com a configuração adequada para as necessidades da empresa, o RH conseguirá gerar a folha de ponto sem dificuldades. Isso é importante porque ajuda a evitar problemas com falhas no cálculo dos salários ou benefícios, o que previne ações trabalhistas, por exemplo.

Também é possível ter muito mais eficiência e produtividade, especialmente em comparação ao modelo manual. Como tudo pode ser acompanhado de maneira contínua, é viável otimizar os custos e verificar como andam os indicadores.

2. O sistema de controle de ponto eletrônico pode ser usado por profissionais remotos

Quando esse recurso é do tipo online, ele também tem um diferencial quanto aos trabalhadores que podem usá-lo. Ao contrário de outras soluções, todas as pessoas da empresa têm a chance de marcar o ponto da mesma maneira.

 sistema de controle de ponto eletrônico

Equipes externas e profissionais em home office, por exemplo, fazem a marcação com a ajuda de um aplicativo, de onde estiverem. Como as informações são transmitidas em tempo real, o RH tem muito mais visibilidade e controle.

3. O reforço quanto à segurança é outro dos diferenciais do ponto eletrônico indispensável

Um bom sistema de controle de ponto eletrônico permite que o setor de recursos humanos atinja um novo patamar em relação à segurança. Afinal, todas as informações são digitalizadas e armazenadas em um ambiente seguro, com acesso controlado. Isso é ideal para evitar a perda de dados que pode acontecer em planilhas ou controles físicos.

Além de tudo, o sistema oferece outros recursos voltados para a segurança. É o caso da geolocalização, um dos grandes diferenciais do ponto eletrônico. Com ela, é possível criar uma “cerca virtual” para cada colaborador. Se alguém marcar o ponto fora dessa área, o gestor é avisado.

Há, ainda, a tecnologia de reconhecimento facial. Assim que alguém marca o ponto, o dispositivo tira uma selfie e compara com o banco de dados para garantir que se trata da pessoa. Novamente, qualquer discrepância é comunicada imediatamente ao gestor.

4. A transparência adicionada aos processos é essencial

Outro dos grandes diferenciais do ponto eletrônico envolve a transparência de procedimentos. Todas as informações ficam centralizadas e devidamente registradas, de acordo com o que é previsto na legislação. Se outros gestores ou mesmo funcionários quiserem conferir as informações, não será difícil executar a tarefa.

Além disso, é possível simplificar a mecânica do banco de horas e evitar qualquer tipo de erro nesse sentido. Como consequência, há um fortalecimento do relacionamento entre o setor e as pessoas, o que garante algo único.

O sistema de controle de ponto eletrônico apresenta diferenciais quanto ao funcionamento e quanto aos resultados que oferece. Com a seleção e o uso adequado da ferramenta é possível potencializar o desempenho do RH!

Para acompanhar todas as novidades, assine nossa newsletter e não perca as nossas atualizações!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog