Sumário

Conheça as 3 vantagens do ponto eletrônico para os colaboradores

vantagens do ponto eletrônico

Uma das vantagens do ponto eletrônico é que sistemas assim possibilitam às empresas registrarem as horas trabalhadas pelos colaboradores. Trata-se de uma ferramenta em que funcionários como vendedores externos, por exemplo, computam entradas e saídas do trabalho. Assim como várias outras informações. Além da monitoração completa de seu trabalho pelos gestores.

Os recursos e padrões de sistema variam conforme o modelo do ponto. Assim, eles se adaptam às demandas de cada tipo de empresa.

A implementação de pontos eletrônicos agrega diversas vantagens aos administradores. Porém, são muitos também os benefícios que o dispositivo traz para os funcionários. Confira agora alguns dos principais deles!

As 3 principais vantagens do ponto eletrônico

Facilite as rotinas com a praticidade de geração de relatórios

Uma das maiores vantagens do ponto eletrônico é o recurso de geração de relatórios. Neles, constam registros de entrada e saída dos funcionários e também a ausência deles. Com tais relatórios, a rotina profissional se torna bem mais ágil e prática. O que atinge positivamente o dia a dia do RH ou Departamento de Pessoal.

Mas a rotina dos outros colaboradores da empresa também é privilegiada por esse controle mais preciso dos pontos. Ganha-se tempo e praticidade com o ponto eletrônico. Assim, todos investem mais tempo em suas tarefas, evitando filas, atrasos e outros contratempos. Todo registro, de cada funcionário, é facilmente visualizado pelos gestores.

Consequentemente, qualquer eventual decisão que tenha de ser posta em prática depois dessas análises é sustentada pelas informações registradas. Esse fator evita incertezas a respeito do que foi ou não praticado pelo funcionário. Prevenindo empresa e colaborador de situações envolvendo multas, processos trabalhistas e outros contratempos.

ponto eletrônico

Descubra como o bem-estar também pode ser beneficiado

A qualidade de vida dos colaboradores que atuam externamente também é um das vantagens do ponto eletrônico. Afinal, com o seu uso, eles podem checar tranquilamente se os salários foram pagos de acordo com as horas trabalhadas. Sem contar o registro mais assertivo de suas férias, horários de almoço e das horas destinadas ao repouso, por exemplo.

Com toda praticidade e informações geradas por esses sistemas, isentas de erro humano, ficam mais claras as vantagens intangíveis. Bem-estar e qualidade de vida são fatores que acabam sendo otimizados na rotina dos colaboradores.

Tenha muito mais segurança com o ponto eletrônico

Por último, talvez a mais importante das vantagens do controle de ponto eletrônico: a segurança. Controles manuais dos pontos não são mais bem vistos perante as leis trabalhistas. Isso porque eles não fornecem a segurança necessária quanto às informações registradas. Tanto para os gestores quanto para os funcionários.

Tal situação torna os processos trabalhistas mais vagarosos e complicados perante a justiça. Ademais, trabalhadores e empresa podem fazer uso dos dados de forma mais prática e ágil. Os colaboradores não terão que aguardar os fechamentos de folhas de pontos para pleitearem folgas. Ou mesmo para solicitarem horas a mais de trabalho.

Como você pôde comprovar, a adoção dos sistemas de ponto eletrônico nas empresas trazem diversas vantagens. E, felizmente, elas englobam de maneira abrangente e justa os colaboradores que são monitorados por aqueles sistemas. Para equipes de vendas externas e outros trabalhadores remotos, essa solução se mostra totalmente favorável!

E aí, gostou de conhecer mais sobre recursos tecnológicos que só facilitam a rotina de sua empresa? Esperamos ter esclarecido suas dúvidas a respeito do assunto. Não se esqueça, agora, de compartilhar esses valiosos conhecimentos com seus amigos nas redes sociais!

Autor do conteúdo:

Edgar Henrique

Edgar Henrique

Chief Product Officer da TradingWorks e especialista em Gerenciamento de Projetos, BPM, Mapeamento de Processos, Scrum, PMP, Bizagi, CDIA+, Kofax, VB.NET, C#, VB6, SQL Server e MS Project.

Mais conteúdos do blog